Aerotur Blog

26 maioVacina nos EUA: como brasileiros estão se vacinando contra Covid-19


Logo após o surgimento das primeiras opções de imunizantes contra a Covid-19, especialistas levantaram a possibilidade de ocorrer o turismo da vacina. Agora, com a vacinação em alguns países avançando de forma acelerada, isso se tornou realidade, principalmente com turistas buscando a vacina nos EUA.

Recentemente, o prefeito de Nova York, Bill de Blasio, chamou a atenção do mundo ao anunciar a intenção de vacinar turistas estrangeiros. A cidade de Orlando, na Flórida, também já anunciou que vacinará turistas. Com isso, muitos brasileiros cogitam buscar a imunização fora do país. 

Portanto, neste artigo vamos esclarecer como turistas de diversos países estão conseguindo a tão sonhada imunização após garantir a vacina nos EUA.

gerson-repreza-unsplash

Vacina nos EUA: Cancún é opção para quarentena

Como turistas brasileiros entram nos Estados Unidos? 

A parte mais trabalhosa do processo de tomar vacina nos EUA é conseguir entrar no país. Em função da pandemia, o governo norte-americano proibiu a entrada de passageiros com origem no Brasil. Pessoas que tenham estado no país nos últimos 14 dias antes da chegada aos Estados Unidos também são impedidas de entrar. 

Uma alternativa para o viajante brasileiro é passar os 14 dias de quarentena em países que não tenham restrições. O México pode ser uma opção, por exemplo. O país que faz fronteira com os Estados Unidos tem voos diretos com a AeroMexico, além de isenção de visto para brasileiros. Outras vantagens do destino são baixo custo, rede hoteleira diversificada e belíssimas paisagens para aproveitar.

No entanto, é importante dizer que nada garante que entre a compra da passagem e a viagem alguma nova regra seja imposta pelo governo norte-americano. Se você planejar a sua viagem com um agente, esses detalhes serão acompanhados de forma integral pelo profissional. Consulte um especialista Aerotur.

Vacina nos EUA: documentação exigida

Importante: lembre-se que além da quarentena de 14 dias, brasileiros devem apresentar um visto americano válido. Se você não tiver ou caso seu documento esteja vencido, deverá esperar a retomada das atividades das embaixadas e consulados americanos no Brasil. 

Após a quarentena e com o visto americano em mãos, é hora de embarcar para os EUA.  

Agora você também terá que apresentar um Teste RT-PCR negativo realizado em até 72h antes do embarque. Outra opção é que você apresente a prova de cura do coronavírus dentro de 90 dias. A cia. aérea é a responsável por conferir a documentação no momento do embarque. Já em solo americano, você passará pela imigração, onde irão lhe perguntar o objetivo da sua viagem. 

Neste momento, seja sincero, afinal você está de acordo com os protocolos do próprio Estado americano: 

  • Veio de um país com entrada permitida nos EUA para viagem não essencial;
  • Está viajando com objetivo de vacinar numa localidade que oferece abertamente o imunizante a turistas.
Vacina nos EUA: com

Vacina nos EUA: país está vacinando turistas estrangeiros

Vacina nos EUA: onde encontrar pontos de vacinação

Sabemos que a Flórida (Miami e Orlando) e Nova York estão vacinando não residentes. A vacinação está sob responsabilidade de cada estado. Em Nova York, por exemplo, o prefeito criou centros de vacinação móvel em pontos turísticos. O Central Park, Times Square e Brooklyn Bridge são alguns dos locais oferecendo o imunizante da Janssen. O lado positivo é que esse imunizante necessita apenas de uma dose. Portanto, você não precisa se preocupar em passar muitos dias em viagem.

Já na Flórida, estado mais visitado pelos brasileiros, apesar da regra oficial ser a de oferecer a vacina apenas para residentes, não pedem comprovante de moradia. Dessa forma, vários turistas já relataram que se vacinaram em Miami ou Orlando.

No caso da Flórida, o mais indicado é  que você se cadastre no sistema de vacinação e aguarde um alerta de disponibilidade do imunizante. Isto não é obrigatório, mas pode aumentar as suas chances de conseguir o imunizante durante sua estadia.

Alguns sites para cadastrar na Flórida, de forma gratuita são:

MyVaccine, sistema do governo estadual. 

CDR HealthPro, centro de saúde privado; 

Walmart, loja de departamento americana.

Ao realizar seu cadastro em um dos sistemas você verá os postos de vacinação disponíveis, vacina disponibilizada e horários disponíveis. No site Travel Off Path você confere a lista completa dos estados americanos que estão aplicando a vacina em não residentes. 

Conclusão

Com as mudanças ocasionadas pelo aumento ou diminuição da transmissão de Covid-19, não é possível garantir a vacinação. No entanto, é grande o número de pessoas  que estão se imunizando mesmo sem serem residentes ou trabalharem nos EUA. Para reduzir riscos e evitar estresses, indicamos que você planeje sua viagem com auxílio de especialistas. Aqui, na Aerotur, por exemplo, estamos acompanhando todas as atualizações no plano de vacinação americano e podemos te auxiliar em todo o processo. Consulte aqui mais informações e planeje sua viagem.


Nenhum comentário

Comente

Deixe um comentário